Título: Guerrilha mata 11 em ataque a conselho municipal na Colômbia
Autor:
Fonte: O Estado de São Paulo, 25/05/2005, Internacional, p. A14

Pelo menos 11 pessoas, incluindo 6 vereadores, foram mortas ontem num ataque guerrilheiro ao conselho municipal de Puerto Rico, no sul da Colômbia, informou o Departamento Administrativo de Segurança (DAS), a polícia secreta colombiana. "Os atacantes chegaram atirando e depois houve explosões, aparentemente de granadas", disse um porta-voz do DAS em Bogotá, Oscar Galvis. Além dos seis vereadores, morreram quatro policiais e um funcionário municipal. O ataque, ocorrido no momento em que o conselho estava em sessão, foi atribuído pelas autoridades ao grupo rebelde esquerdista Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Puerto Rico, no Departamento de Caquetá, fica perto de San Vicente del Caguán, coração de uma zona desmilitarizada que vigorou de 1999 a 2002, quando serviu de sede para conversações de paz entre as Farc e o govermo.

Ainda ontem, a procuradoria colombiana informou ter ordenado a prisão do líder paramilitar Diego Fernando Murillo, acusado de envolvimento no seqüestro e assassinato de três pessoas em 10 de abril - o deputado estadual de Córdoba Orlando Benítez, a irmã deste e um assessor. Os três corpos foram encontrados na cidade de Santa Fé de Raulito, perto do local em que Murillo e outros líderes das Autodefesas Unidas da Colômbia mantiveram reuniões de paz com o governo.