Título: 'Vigiaremos pela paz no Oriente Médio', diz Lula
Autor:
Fonte: O Estado de São Paulo, 28/01/2006, Internacional, p. A16

"Acho que a eleição do Hamas vai fazer com que o exercício da democracia seja levado a sua plenitude", disse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ontem na Congregação Israelita Paulista antes da Cerimônia do Dia Internacional de Recordação das Vítimas do Holocausto. "Nós temos decisões da ONU que orientam nosso comportamento mundial", afirmou o presidente. Para Lula, na medida em que o Hamas aceitou disputar as eleições será extramente importante praticar a democracia e respeitar as regras internacionais. "O mundo reconhece, nós reconhecemos, que o Estado de Israel e o Estado da Palestina devem viver bem (entre si), como o Brasil vive bem com todos os Estados do mundo." Quanto a um aumento da violência, Lula disse não acreditar que alguém resolva disputar eleições, fazer parte de um Parlamento, entrar na disputa democrática e depois não ser democrático. "Estaremos vigilantes para que os Estados de Israel e da Palestina sejam respeitados para que a gente encontre paz no Oriente Médio", disse Lula.