Título: Blair fala do assunto com cautela
Autor: Jamil Chade
Fonte: O Estado de São Paulo, 18/02/2006, Internacional, p. A24

Membros do gabinete britânico pediram ontem aos EUA o fechamento da prisão de Guantánamo e disseram acreditar que o primeiro-ministro Tony Blair compartilhe essa posição. Blair foi mais cauteloso, considerando o centro de detenção algo fora do padrão, numa coletiva em Berlim. "Eu disse no ano passado que esta é uma anomalia com a qual, cedo ou tarde, teremos de lidar", declarou Blair após um encontro com a chanceler alemã, Angela Merkel.

O secretário americano de Defesa, Donald Rumsfeld, disse ontem que o secretário-geral da ONU, Kofi Annan, se equivoca ao pedir o fechamento da prisão de Guantánamo. "Não devemos fechar Guantánamo. Temos várias centenas de terroristas, gente má, gente que, se sair, tentará matar americanos", disse ao Conselho de Relações Exteriores.