Título: Desembargador reconhece que serviço é lento
Autor: Brito, Ricardo ; Recondo, Felipe
Fonte: O Estado de São Paulo, 02/03/2012, Nacional, p. A10

"Nosso serviço realmente é bastante lento", reconhece o desembargador Venício Salles. "Estou pedindo mais 100 contadores e mais 120 computadores, mas infelizmente o TJ não tem esse dinheiro todo." Salles, que coordena o Departamento de Precatórios do TJ, confirmou que a Prefeitura de São Paulo encaminhou à corte cerca de 3.500 acordos com credores idosos e portadores de doenças, pessoas que aceitaram deságio de 50%. "Só conseguimos pagar 35 acordos. Temos que abrir precatório por precatório para fazer os cálculos, uma série de providências. Esses valores na nossa mão são um tormento, só recebo mandados de segurança e reclamações."