Título: Decepção leva a indecisão entre eleitores
Autor: Bramatti, Daniel
Fonte: O Estado de São Paulo, 04/10/2012, Nacional, p. A9

A quatro dias das eleições, moradores de todas as regiões da cidade dizem estar desmotivados para ir às urnas. Um clima de decepção e melancolia carrega relatos de eleitores que apontam quase sempre o trio Igreja Universal, mensalão e medo de abandono do cargo como motivos para ainda não ter feito a escolha. A troca de acusações na reta final da campanha também tem contribuído para aumentar a indecisão dos paulistanos.

"Quero escolher alguém, nunca voto nulo e acho errado isso. Mas, com o que tem por aí, o que vou fazer? Um vai abandonar a Prefeitura com certeza. Outro tem a turma do mensalão. E o que eu tinha escolhido para votar está com a Igreja Universal. Assim não dá", lamenta o taxista Roberto Chaves, de 61 anos, que trabalha no Largo do Rosário, na Penha.

Nem o corpo a corpo feito por cabos eleitorais tem convencido. "Não voto no PT, em candidato de igreja e em quem não cumpre a promessa e abandonou a Prefeitura. Vou ver até sábado, mas nesses três (Russomanno, Haddad e Serra) já desisti", afirma Glauco Margoso, de 21 anos, estudante de Direito da Universidade Nove de Julho, que recebera panfletos na Avenida Francisco Matarazzo, zona oeste.