Título: VENDA EXTERNA DE ELETRÔNICOS E TÊXTEIS CAI
Autor: Aguinaldo Novo
Fonte: O Globo, 20/07/2005, Economia, p. 24

SÃO PAULO e RIO. Não foram só os fabricantes de calçados que reclamaram ontem da valorização do real. A Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros) divulgou estudo mostrando queda de 2% nas exportações no primeiro quadrimestre do ano. O setor vendeu no período US$186,3 milhões, contra US$190,1 milhões de janeiro a abril de 2004. A Eletros diz que contratos de exportação já foram cancelados, o que deve provocar perda de US$150 milhões em receita até o fim do ano.

Na mesma linha, a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) anunciou queda de 6% nas exportações em junho, frente ao mesmo mês de 2004.

Ontem, o dólar comercial fechou em alta de 0,21%, a R$2,343. Segundo operadores, o fluxo positivo de divisas, via novas captações externas, balança comercial e investimentos de estrangeiros em títulos atrelados à taxa básica de juros, mantém a baixa do dólar. Já a Bolsa de Valores de São Paulo caiu 0,20%. (Aguinaldo Novo e Vagner Ricardo)