Título: Nepotismo sobrevive em Pernambuco
Autor: Leticia Lins
Fonte: O Globo, 30/09/2005, O País, p. 8

Filho de Severino mantém cargo federal

RECIFE. Embora tenha dito que deixaria o cargo tão logo o pai renunciasse ao mandato e à presidência da Câmara, o economista José Maurício Cavalcanti ainda responde pela Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento em Pernambuco. Em seu discurso de despedida da Câmara, há nove dias, Severino Cavalcanti (PP-PE) disse:

¿ Para me antecipar às eventuais acusações de fisiologia, já pedi a meu filho José Maurício que deixe imediatamente seu posto no Ministério da Agricultura em Pernambuco.

Ontem José Maurício não deu sinais de que vá se afastar, embora tenha passado todo o dia fora da repartição. Aos amigos mais chegados, ele tem dito que não vai agir de forma açodada e que estaria esperando indicação do substituto para entregar o cargo de confiança. José Maurício passou o dia acompanhando o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Gabriel Maciel, que estava na cidade. Seus dois telefones celulares estavam na caixa postal; no gabinete, a secretária informou que ele não voltaria ao escritório. Mas, segundo o superintendente-adjunto, Marcelo Didier, se depender da vontade dos 230 servidores da repartição, José Maurício fica.

¿ Ele tem apoio total dos funcionários, que estão solicitando a permanência ¿ disse Didier, de 70 anos.