Título: CONDOLEEZZA ADMITE QUE ESTADOS UNIDOS COMETERAM `MILHARES DE ERROS¿ NO IRAQUE
Autor:
Fonte: O Globo, 01/04/2006, O Mundo, p. 43

Centenas de manifestantes protestam durante visita ao Reino Unido

LIVERPOOL, Reino Unido. A secretária de Estado americana, Condoleezza Rice, admitiu ontem que os Estados Unidos cometeram milhares de erros no Iraque, mas afirmou que a decisão de remover Saddam Hussein do poder estava correta. A declaração foi feita durante uma viagem ao Reino Unido, que motivou o protesto de centenas de manifestantes.

¿ Sim, eu sei que cometemos erros táticos, milhares deles ¿ comentou, ao responder se os EUA haviam aprendido com seus erros, no evento organizado pela Chatham House, uma instituição de assuntos internacionais, e pela BBC, em Blackburn, norte da Inglaterra.

Ela acrescentou que quando se olha sob a perspectiva histórica, o julgamento será sobre decisões estratégicas:

¿ Acredito fortemente que foi a decisão estratégica correta, que Saddam era uma ameaça à comunidade internacional.

O comentário foi feito após o discurso em Blackburn, cidade natal do chanceler britânico, Jack Straw. A visita foi uma retribuição à viagem de Straw a seu estado natal, Alabama, em outubro.

Sobre o Irã, Condoleezza disse que o país tinha que fazer uma escolha: encontrar um modo aceitável de desenvolver energia nuclear ou enfrentar o isolamento diplomático.

Nas duas cidades a secretária foi recebida por protestos. Cerca de 250 manifestantes, muitos deles muçulmanos, aguardavam-na do lado de fora de uma escola em Blackburn.

¿ A população muçulmana está furiosa. Ela não é bem-vinda ¿ disse um homem.

Outros 1.500 ativistas contrários à guerra esperavam por ela num teatro em Liverpool, onde Condoleezza assistiu a um concerto. Alguns cartazes diziam: ¿Vá embora!¿ No teatro, uma das artistas dedicou a música ¿Imagine¿, de John Lennon, aos manifestantes.