Título: FIDEL DIZ EM NOTA QUE DOENÇA O AFASTA DE FESTEJOS
Autor:
Fonte: O Globo, 30/11/2006, O Mundo, p. 38

Expectativa agora é para desfile

HAVANA. O líder cubano Fidel Castro não compareceu à cerimônia de abertura das comemorações de seu aniversário de 80 anos, realizada em Havana na noite de anteontem. Uma mensagem aparentemente escrita por Fidel foi lida na cerimônia. A nota dizia que sua condição médica o impedia de participar da festa. ¿Eu ainda não estou em condições, segundo os médicos, de enfrentar um encontro colossal como este¿, disse Fidel, que afirmou estar trabalhando intensamente do seu lugar de repouso. ¿Eu me despeço com a grande dor de não ter conseguido agradecer e abraçar pessoalmente cada um de vocês¿, afirmou no final da nota.

A mensagem não descartava a possibilidade de o líder cubano participar de algum dos eventos menores programados para as celebrações. A expectativa agora é se ele comparecerá ao desfile militar em sua homenagem, no dia 2 de dezembro, na Praça da Revolução, o primeiro do gênero em uma década.

¿ Deve estar muito mal se demora tanto a se recuperar. Mas deverá estar na praça para que as pessoas vejam que está vivo ¿ afirmou a dona de casa Oneydis, de 39 anos.

No final de julho, Fidel Castro foi submetido a uma cirurgia intestinal de emergência e passou o poder temporariamente para seu irmão, Raúl. Desde então, o líder cubano não foi visto em público, mas apenas em fotografias e em vídeos curtos veiculados pela TV estatal cubana. Sua última aparição foi num vídeo em 28 de outubro.

A comemoração do aniversário de Fidel estava originalmente prevista para agosto, mas foi adiada devido a seus problemas de saúde. Estão programados cinco dias de festa. Convidados como o presidente da Bolívia, Evo Morales, e o Nobel de Literatura Gabriel García Márquez são esperados para as comemorações. Anteontem, mais de cinco mil pessoas lotaram o teatro Karl Marx, em Havana, para o início das festividades.