Título: Levantamento sugere ações para o estado
Autor: Beck, Martha
Fonte: O Globo, 14/12/2006, Economia, p. 43

Pesquisa se baseou na opinião dos próprios turistas

BRASÍLIA. A pesquisa sobre o setor turístico realizada pelo Ministério do Turismo sugere, por exemplo, que sejam realizadas no Rio de Janeiro obras de melhoria na BR-495, que liga Petrópolis a Teresópolis. De acordo com o ministério, é preciso aumentar a integração entre as duas cidades, que atraem muitos turistas, para a região batizada de Serra Verde Imperial. O levantamento ¿ que se baseou na percepção dos próprios turistas acerca dos problemas do setor ¿ também propõe a construção do anexo do Museu Casa de Santos Dumont, em Petrópolis, na Região Serrana.

Outra proposta sugerida pelo documento é a reativação do projeto do trem turístico da Mata Atlântica, que liga Angra dos Reis a Lídice. O projeto teve início em 1992, mas foi suspenso em 1996. O texto destaca ainda a necessidade de ampliar a estrutura aquaviária dos portos turísticos de Cabo Frio, Armação dos Búzios e Arraial do Cabo, municípios da Região dos Lagos. Outra necessidade é a ampliação da pista do aeroporto de Angra dos Reis.

¿Adequar o pólo turístico de Angra às condições de acesso por transporte aéreo existente nos demais pólos concorrentes (como Cabo Frio) é de suma importância para que a região disponha de condições plenas de disputa na preferência dos turistas¿, registra o documento.

Projetos serão viabilizados por diversos ministérios

Segundo Tânia Brizolla, diretora do Departamento de Estudos, Articulação e Ordenamento Turístico do Ministério do Turismo, os 87 roteiros já estão sendo enviados aos ministérios que precisariam liberar recursos para os investimentos, como o dos Transportes e o da Cultura. O trabalho também será apresentado ao Congresso hoje.

¿ O Ministério do Turismo não tem recursos para grandes investimentos em infra-estrutura, mas pode chamar a atenção para a importância dos projetos e apoiar sua execução ¿ explicou a diretora.

Em três anos, número de turistas dobrou

Tânia afirmou que o Brasil precisa eliminar os gargalos do turismo para ganhar a competição com outros países que também atraem turistas. Ela destacou que os roteiros brasileiros atraíram três milhões de turistas estrangeiros em 2003, número que saltou para seis milhões atualmente.

¿ Mas precisamos continuar a investir recursos nesses roteiros como forma de inserir o Brasil no mercado internacional. Não basta ser simpático. Estamos indo para uma briga grande com outros países e precisamos ter excelência no atendimento ao turista ¿ afirmou Tânia. (Martha Beck)