Título: TV por assinatura se prepara para alta definição
Autor: D'Ercole, Ronaldo; Fernandes, Lilian
Fonte: O Globo, 29/11/2007, Economia, p. 31

Net lançará decodificador digital HD para canais abertos e fechados. Globosat terá conteúdo no novo formato.

SÃO PAULO e RIO. As empresas de TV por assinatura já se preparam para a alta definição, no momento em que estréia o padrão digital nas transmissões das TVs abertas - que começa domingo em São Paulo e deve chegar ao Rio até maio. Como as principais operadoras já têm serviços e oferecem conteúdo com padrão digital, via cabo ou satélite (MMDS), a corrida agora se dá para levar aos assinantes justamente a programação em alta definição (full HD).

A Net iniciará as transmissões em alta definição mês que vem, com a oferta de conteúdo nesse formato. Amanhã, anuncia um decodificador em HD, capaz de receber, em um único equipamento, as transmissões, tanto em definição digital padrão (SDTV) quanto em alta definição, da TV aberta e de canais fechados. O decodificador será vendido ao assinante.

Com o Net Digital HD, será possível sintonizar o que os canais abertos oferecerem em alta definição - desde que seu sinal em formato digital seja disponibilizado para a operadora - e alguns canais por assinatura em HD, que ainda estão para ser lançados. O primeiro será o Globosat HD, que entrará no ar nos próximos dias e trará filmes, eventos esportivos, shows e programas de outros canais Globosat, como o GNT.

- Quem é assinante da Net Digital não precisa comprar outro decodificador: já está preparado para receber os canais abertos no padrão digital. O que é diferente de HD: em dezembro, vamos lançar um decodificador HD, mas não adianta o assinante comprar se não tiver também um televisor preparado para receber alta definição (LCD ou plasma full HD) - explica o gerente de produtos da Net Serviços, Alessandro Maluf. - O decodificador HD também permitirá que se tenha interatividade com alta velocidade e funcionará, num futuro breve, como DVR, permitindo que a pessoa grave programas para assistir depois no seu aparelho.

A TVA trabalha para oferecer seu decodificador em HD no início do ano que vem, enquanto a Sky/DirecTV promete lançar o seu no Natal de 2008.

Para quem comprar um televisor com o conversor digital de TV aberta embutido não há problema, pois o aparelho tem conexão para a caixinha HD da Net. O preço do novo decodificador em HD da Net não estava definido ontem. A Net também não informou se estará disponível a todos os seus assinantes já a partir da próxima semana, ou apenas para os da Região Metropolitana de São Paulo.

No caso dos assinantes da Sky, inicialmente será preciso ter dois decodificadores, um para receber o sinal aberto digital e aquele de que ele já dispõe para a TV por assinatura, enquanto a empresa não lança o equipamento de HD.

- Não adiantaria eu lançar um decodificador HD hoje, porque não teria conteúdo para botar. Os programadores dos canais por assinatura e as TVs abertas estão começando a produzir conteúdo em alta definição agora. Por enquanto, apenas alguns programas já são em HD, mas ainda não há canais prontos - afirmou Agrício Neto, diretor de Marketing da Sky.

Enquanto o sistema analógico existir no Brasil (pelo menos até 2016), cada canal transmitirá seu conteúdo nos dois formatos. Para Agrício, a TV por assinatura ainda trará vantagens para os clientes, depois da digitalização da TV aberta:

- A Sky já nasceu digital, há 11 anos, e desde o início oferece serviços como sinopses de filmes na tela e reserva de programas. Ao longo do caminho, foi lançando outros serviços, como mosaico com multicâmeras nos eventos esportivos, além de aplicativos como recarga de celular pré-pago.

Segundo Virgílio Amaral, diretor de Estratégia e Tecnologia da TVA, na TV paga cabe à operadora instalar o decodificador do assinante e orientá-lo sobre sua utilização, enquanto na TV aberta o consumidor tem que pesquisar preços e descobrir de que equipamentos precisa.