Título: Exame revela que tumor de Jefferson é maligno
Autor: Pontes, Hudson
Fonte: O Globo, 02/08/2012, O País, p. 4

um julgamento para a história

O tumor retirado no sábado do ex-deputado federal Roberto Jefferson, um dos 38 réus do mensalão, é maligno. De acordo com boletim médico, divulgado ontem à tarde, exames revelaram que o foco tem tamanho inferior a dois centímetros, e está em estágio inicial. Hoje, às 10h, a equipe médica do Hospital Samaritano, no Rio, deve anunciar como será o tratamento contra o câncer. A notícia foi antecipada ontem pelo blog do jornalista Ancelmo Gois.

Após receber a notícia, no início da tarde, o ex-deputado enviou uma mensagem a seu advogado no julgamento do mensalão, Luiz Francisco Corrêa Barbosa. Barbosa contou que Jefferson demonstrou otimismo e teria dito: "Saiu o resultado da biópsia. Estou com um carcinoma de primeiro grau. O oncologista Daniel Tabak (médico do ex-deputado) disse que tem 90% de chance de cura. Vamos enfrentar mais essa luta".

O advogado afirmou que o tratamento da doença não deve alterar a rotina de Jefferson durante o julgamento do mensalão.

- Ele já tinha confirmado que não iria participar. Temos segurança de que será absolvido. As provas indicam isso - afirmou o defensor.

De acordo com um dos cirurgiões que operou o ex-deputado, José de Ribamar Saboia de Azevedo, o tumor foi totalmente retirado de Jefferson e há grande chance de cura.

- No seio do tumor benigno havia um foco maligno. Mas não ficou nenhum tipo de tumor. Estamos muito otimistas com a cura - apontou.

Apesar de Jefferson estar lúcido e respirar sem ajuda de aparelhos, não há previsão de alta médica. No sábado, ele retirou parte do pâncreas e do estômago, além do duodeno e do canal biliar. Exame preliminar não havia apontado que o tumor era maligno.

Ontem, o PTB iniciou uma vigília, em São Paulo, em favor de Roberto Jefferson. No local, além de filiados, estavam presentes representantes do candomblé, católicos e pentecostais. Lideranças da legenda atribuíram a doença ao desgaste no caso do mensalão.