Título: Exportação de carne sobe 15% até julho
Autor: Rocha, Alda do Amaral e Adachi, Vanessa
Fonte: Valor Econômico, 09/08/2006, Agronegócios, p. B13

A receita com as exportações brasileiras de carne bovina subiu 15,52% de janeiro a julho deste ano, para U$ 2,042 bilhões, segundo a Associação Brasileira da Indústria Exportadora de Carne Bovina (Abiec). Havia somado US$ 1,767 bilhão em igual período de 2005. Os embarques no período, porém, cresceram só 2,3%, para 1,296 milhão de toneladas.

Considerando só a carne in natura, a receita com os embarques até julho foi de US$ 1,596 bilhão, alta de 10,85%. Os volumes caíram 0,89%, para 958,1 mil toneladas.

Segundo a Abiec, a alta dos preços internacionais da carne bovina sustenta a maior receita. Em julho, por exemplo, a tonelada de carne in natura teve preço médio de US$ 1.721, 16,4% mais que em julho do ano passado.

Antônio Camardelli, diretor-executivo da Abiec, afirmou que os preços se valorizam em função da menor oferta do Brasil, um dos poucos fornecedores no mercado hoje. A oferta é menor por conta do embargo de alguns países em função da aftosa. Atualmente, a Europa proíbe as compras de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul. Já a Rússia impõe embargo a sete Estados. (AAR)