Título: Esquema agia para desviar recursos de banco estatal
Autor: Bruno, Raphael
Fonte: Jornal do Brasil, 13/05/2008, País, p. A3

Paulo Pereira da Silva (PDT-SP) é acusado pela Justiça Federal de receber propina da quadrilha que desviava recursos de financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O grupo, com 11 integrantes, foi desmontado em abril pela operação Santa Teresa, da Polícia Federal.

O esquema envolveu dois empréstimos do BNDES para uma rede de varejo e um para prefeitura do interior paulista. Há indícios de que repasses para outras prefeituras do interior paulista possam ter sido alvo da ação da quadrilha.

Em escutas telefônicas captadas pela PF, o ex-assessor de Paulo e ex-conselheiro do BNDES, João Pedro Moura, preso na operação, comenta com o interlocutor sobre a "parte do Paulinho". Moura era presença freqüente na Câmara. As denúncias ganharam novo impulso com a descoberta de que o ex-assessor depositou R$ 37,5 mil na conta da ONG Meu Guri, fa mulher de Paulinho. (R. B.)