Seguir
Pesquisa:
Pesquisar em artigos de jornais e revistas
Pesquisa avançada

Mostrar registro simples

dc.contributor.author Saint-Hilaire, Auguste de pt_BR
dc.date.accessioned 2016-03-15T00:03:24Z
dc.date.issued 1887 pt_BR
dc.identifier.uri http://www2.senado.leg.br/bdsf/handle/id/518705
dc.description Inclui sumário, índice e errata.
dc.description Retrato gravado do autor por Pierre Salvy Fréd. Teyssonières, segundo Eugene Naissant [front.]; Mapa da parte centro-sul do Brasil com o itinerário das 5 viagens de Saint-Hilaire, 1816-1822.
dc.description.abstract "A quinta e última viagem levou Saint-Hilaire à província mais sulina, o Rio Grande do Sul. Foi a primeira expedição botânica a esta região. Embora de pouca duração - janeiro a maio de 1822 - seria a mais importante para a sua carreira científica. Ele morreu em 1853 e o volume só foi publicado muito mais tarde, em 1887.--(KOPPEL, 1992, P. 399).
dc.description.abstract "1. edição póstuma e única no original, daí seu valor incontestável. Foi traduzida por Leonam de Azevedo Pena para a Ariel, 1935, e para a Brasiliana, 1939. Versão infiel. A Revista do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul de 1922 a 1926 publicou até o capítulo 5 uma boa versão de Adroaldo Mesquita da Costa. Augusto Meyer registra 'que um exemplar da edição original que, há uns 20 anos mais ou menos, ainda se mantinha numa cotação para bibliófilo remediado, custa hoje os olhos da cara'. Affonso Taunay observa: '...a Viagem ao Rio Grande do Sul, livro muito mais raro do que as suas demais obras'. Acrescenta supor que tal se dê porque deste trabalho tenham sido impressos menos exemplares, e termina: 'O caso é que ele se negocia hoje por preços incomparavelmente mais altos do que os das outras Viagens'. Rubens Borba de Moraes, registrando as Viagens, escreve: 'Consta de 9 volumes cheios das mais preciosas obervações feitas com uma honestidade notável. Poucas obras do gênero atingem o calor das de Saint-Hilaite. São clássicas e indispensáveis para o estudo do sul do Brasil antes da independência'. Guilhermino Cesar, na sua 'História da literatura...', anota: 'Representa, em suma, o mais belo documentário já escrito sobre o Rio Grande do Sul'. Ainda citando Augusto Meyer: '...a sua Viagem não perde o vigor e a frescura de um testemunho cada vez mais humano'".--(BIBLIOTECA..., 1972, p. 161-162).
dc.description.abstract "Além dessas obras, Saint-Hilaire deixou muitos artigos publicados em várias revistas científicas, dos quais existem separatas. Sobre Saint-Hilaire ver, entre outros estudos, o prefácio que escrevi para a tradução da viagem a São Paulo, publicada no vol. II de minha 'Biblioteca histórica brasileira'.". --(MORAES, 2010, v. 2, p. 297).
dc.description.statementofresponsibility Par Auguste de Saint-Hilaire
dc.format.medium viii, 644 p., [2] f. : il., front. (retr.), mapa (36 x 44 cm dobrado em 22 x 13 cm) ; 24 cm. pt_BR
dc.publisher Orleans : H. Herluison, Libraire-Éditeur pt_BR
dc.relation.isreferencedby Koppel, Susanne (Org.). Biblioteca brasiliana da Robert Bosch GmbH : catálogo. Rio de Janeiro : Kosmos, 1992. p. 399.
dc.relation.isreferencedby Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul. Catálogo de obras raras ou valiosas... Porto Alegre: Globo, 1972. p. 161-162.
dc.relation.isreferencedby Moraes, Rubens Borba de. Bibliographia brasiliana... . São Paulo: Edusp, 2010. v. 2, p. 297.
dc.subject.other Viagem, memórias, Rio Grande do Sul, séc. XIX pt_BR
dc.title Voyage à Rio Grande do Sul (Brésil) pt_BR
dc.type Livro pt_BR
dc.type Texto pt_BR
dc.type Obra rara pt_BR


Arquivos deste item

Este item está licenciado sob a Licença Creative Commons

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)

Mostrar registro simples

Apoio:  


       Implementado com:  
     Estatísticas de uso  


Fale conosco:  


Biblioteca Acadêmico Luiz Viana Filho
Serviço de Biblioteca Digital - SEBID
Telefones:+55 (61) 3303-1267 / 3303-1268
E-mail: biblioteca@senado.leg.br
 
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11