Seguir
Pesquisa:
Pesquisar em artigos de jornais e revistas
Pesquisa avançada

Mostrar registro simples

dc.contributor.author Senado Federal. Instituição Fiscal Independente pt_BR
dc.contributor.other Salto, Felipe Scudeler pt_BR
dc.contributor.other Pellegrini, Josué Alfredo pt_BR
dc.contributor.other Couri, Daniel Veloso pt_BR
dc.contributor.other Casalecchi, Alessandro Ribeiro de Carvalho pt_BR
dc.contributor.other Andrade, Alexandre Augusto Seijas de pt_BR
dc.contributor.other Bacciotti, Rafael da Rocha Mendonça pt_BR
dc.contributor.other Mesquita, Luiza Muniz Navarro pt_BR
dc.contributor.other Souza, Pedro Henrique Oliveira pt_BR
dc.date.accessioned 2020-08-17T16:29:58Z
dc.date.issued 2020-08-17
dc.identifier.uri https://www2.senado.gov.br/bdsf/handle/id/575506
dc.description Título da capa. pt_BR
dc.description.abstract Expectativa para o desempenho da economia neste ano é mantida em retração de 6,5%. A evolução da pandemia no País, a piora das condições no mercado de trabalho e as dúvidas quanto ao comportamento da renda disponível após a retirada de estímulos fiscais contribuem para manter o nível de incertezas elevado. A trajetória em 12 meses do déficit nominal do setor público consolidado deverá piorar em razão, principalmente, do resultado primário (aumento de despesas com efeitos da pandemia e queda de receitas primárias). O resultado nominal só não será pior em virtude dos juros básicos da economia, que deverão permanecer em níveis relativamente baixos, ao menos, até 2021. Além da redução nas receitas em razão do enfraquecimento da atividade econômica e dos diferimentos de tributos, as despesas primárias registraram forte expansão no primeiro semestre de 2020, diante de antecipações de pagamentos que ocorreriam no segundo semestre do ano, como o 13º de aposentados e pensionistas do INSS e o abono salarial. No acumulado do primeiro semestre de 2020, o crescimento de 9,7 pontos percentuais da DBGG em relação ao PIB decorreu, principalmente, das emissões líquidas de dívida (alta de 5,3 pontos percentuais). Enquanto a dívida cresce, o perfil de vencimento começou a piorar em março em razão da deterioração do ambiente econômico, o que imporá desafios à gestão da dívida no futuro. Os créditos extraordinários voltados ao combate da covid-19 e de seus efeitos sobre a economia somam R$ 511,3 bilhões. Deste total, foram pagos R$ 277,9 bilhões ou 54,3%. Na ação de “Enfrentamento da emergência de saúde pública”, o percentual de pagamento subiu de 32,9% para 50,6% entre a avaliação feita no RAF de julho e a atual. O gasto com o auxílio emergencial já chega a R$ 168 bilhões. pt_BR
dc.description.statementofresponsibility Instituição Fiscal Independente pt_BR
dc.format.medium 38 p. : il., gráfs. pt_BR
dc.publisher Brasília : Senado Federal, Instituição Fiscal Independente pt_BR
dc.relation.ispartofseries Relatório de Acompanhamento Fiscal ; n. 43 pt_BR
dc.rights CC0 1.0 Universal *
dc.rights.uri http://creativecommons.org/publicdomain/zero/1.0/ *
dc.subject.other Política orçamentária, periódico, Brasil pt_BR
dc.subject.other Política fiscal, Brasil pt_BR
dc.subject.other Orçamento público, periódico, Brasil pt_BR
dc.subject.other Mercado de trabalho, Brasil pt_BR
dc.subject.other Desemprego, Brasil pt_BR
dc.subject.other Inflação, Brasil pt_BR
dc.subject.other Despesa pública, Brasil pt_BR
dc.subject.other Déficit orçamentário, Brasil pt_BR
dc.subject.other Estado de emergência, Brasil pt_BR
dc.subject.other COVID-19, Brasil pt_BR
dc.title Relatório de acompanhamento fiscal : agosto de 2020 pt_BR
dc.type Texto pt_BR
dc.type Relatório pt_BR


Arquivos deste item

Este item está licenciado sob a Licença Creative Commons

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)

Mostrar registro simples

CC0 1.0 Universal Exceto quando indicado o contrário, a licença deste item é descrito como CC0 1.0 Universal
Apoio:  


       Implementado com:  
     Estatísticas de uso  


Fale conosco:  


Biblioteca Acadêmico Luiz Viana Filho
Serviço de Biblioteca Digital - SEBID
Telefones:+55 (61) 3303-1267 / 3303-1268
E-mail: biblioteca@senado.leg.br
 
Senado Federal - Praça dos Três Poderes - Brasília DF - CEP 70165-900 | Telefone: 0800 61 22 11